Mãe é presa depois de espancar e abusar intimamente da filha porque ela era lésbica

Uma mulher está sendo acusada de cometer um crime de ódio após supostamente espancar e abusar intimamente de sua filha adolescente. O motivo que teria levado ela a cometer o crime é o fato de a menina ser lésbica.

Magdo Haro, de 40 anos, foi detida na última terça-feira no estado do Novo México, EUA. Ela foi acusada de crime sexual e abuso infantil após o ataque sobre a filha de 17 anos.

Investigadores dizem que Haro e a adolescente haviam discutido sobre a sexualidade da adolescente uma semana antes do incidente, ocorrido na noite de sábado. A mãe teria batido repetidas vezes na filha com um sapato, e obrigou a garota a se despir na frente dela para “mostrar que ela era uma mulher, e não um homem”.

agdo Haro abusou intimamente da filha porque menina era lésbica.

Por fim, a mulher ameaçou usar um cabide para bater na jovem e afirmou que ela estava proibida de usar roupas de meninos, além de ter que frequentar a igreja com a avó. Haro negou todas as acusações, exceto o fato de ter espancado a filha com o sapato.

Ela foi detida e libertada após pagamento de fiança no valor de 25 mil dólares. A filha está sob custódia do Estado.

Fonte: Gawker

PUBLICIDADE: VESTIBULAR FAINTVISA 2018.2 FAÇA JÁ SUA INSCRIÇÃO,ACESSE CLICANDO AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
%d blogueiros gostam disto: